Rússia Equestre

Próximo a Moscou, mas ao mesmo tempo em meio a natureza, encontra-se Otrada, um centro equestre cuja infra-estrutura atende aos mais altos padrões.

Apesar de ocupar uma área gigantesca (200 hectares), a arquitetura e a decoração fazem o local lembrar uma casa de campo e o tornam extremamente aconchegante.

A estrutura conta com diversas pistas cobertas e abertas, andadores, clínica/hospital veterinário e diversos estábulos fixos e móveis para receber os animais para a prova, etc.

Uma estrutura móvel foi montada para que os convidados assistissem confortavelmente a prova.

Entre os stands dos patrocinadores da prova, encontramos um de chapéus e joias, combinando com a riqueza do local e do público presente.

A cultura do país é riquíssima e seus símbolos estão presentes em todos os lugares.

O exame de Termografia fez sucesso na prova, atraindo a atenção da TV Russa!

O hospital veterinário conta com modernos equipamentos diagnósticos e terapêuticos. Vale lembrar que os Russos estão entre os mais importantes pesquisadores de Laserterapia do mundo. Entre os modernos equipamentos de lasers da clínica, encontrei esse bem antigo que me chamou a atenção pela qualidade (por estar em uso há mais de 20 anos) e pela potência utilizada desde aquela época!

Notamos pelas esculturas presentes nas cidades que o cavalo sempre foi muito presente na cultura desse país de proporções gigantescas.

Nos museus, os acessórios equestres do século XVI ao século XVIII mostram a importância que o cavalo tinha junto a civilização. O luxo das mantas, selas e estribos bordados e com pedras e pérolas incrustadas refletem a admiração pelo cavalo como companheiro de guerra e transporte.

As ferraduras em prata eram semi-fechadas para proteger a sola dos diversos tipos de terreno durante as longas distâncias percorridas.

As boleteiras metálicas com certeza eram benéficas para proteger a parte dorsal dos membros quando o cavalo atravessava florestas, o meu receio fica em relação a utilização de um material rígido junto as estruturas palmares e plantares.

Entre as curiosidades, encontramos uma sela de ouro! Foi muito interessante conhecer o que era utilizado através dos tempos e a riqueza desses acessórios!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.